Todo Mundo Pode Programar: Apple oferece curso gratuito para interessados em programação

O ecossistema de aplicativos oferecidos por cada sistema se mostrou altamente relevante no sucesso de algumas plataforma, assim como o fracasso de outras. Sabendo disto, grandes companhias cada vez mais valorizam os seus desenvolvedores, impulsando-os com novas ferramentas e novidades dedicadas através de eventos realizados especificamente para motiva-los e apresenta-los em novas ferramentas.

Deste modo, pode-se dizer que, quanto mais desenvolvedores melhor. Ao passo em que a nossa tecnologia avança e manipular recursos de desenvolvimento, algumas empresas como a Apple vem incentivando o aprendizado na área, afirmando que “Todo Mundo Pode Programar (Everyone Can Code)”. Esta filosofia deu origem a uma iniciativa, com um curso acadêmico voltado para tornar esta ideia em realidade.

Desenhado por engenheiros da maçã, o curso App Development with Swift dará a capacidade para qualquer um interessado à programar e desenhar aplicativos para os sistemas da maçã, utilizando a linguagem própria disponibilizada pela empresa e suportada pelos seus dispositivos. O curso já foi disponibilizado através da iBook Store para todo o globo, enquanto nos Estados Unidos seis faculdades comunitárias colocarão o curso a disposição de mais de 500 mil alunos.

Nós vimos de perto o impacto que programar tem sobre indivíduos e sobre a economia dos EUA como um todo. A economia de apps e desenvolvimento de software estão entre os setores de trabalho de maior crescimento na América e estamos contentes em proporcionar a educadores e estudantes as ferramentas para aprenderem a programar”, disse Tim Cook, CEO da Apple.

O curso é disponibilizado de forma totalmente gratuita e promete te tornar totalmente capacitado com a linguagem Swift no período de um ano. Vale lembrar que apps como Airbnb, KAYAK, TripAdvisor, Venmo e Yelp já são escritos com a linguagem e servem de bons exemplos do poder da ferramenta da maçã.

Via.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.