Usuário descobre método alternativo para habilitar o VoLTE em qualquer celular Xiaomi

Um dos pontos de maior preocupação para quem deseja importar um smartphone é a conectividade. Visto que ao redor do globo são utilizadas frequências e padrões diferenciados, é preciso analisar bem o suporte de um determinado dispositivo à tecnologia disponível em sua região, e diferente do que muitos pensam, isso vai além de conseguir acessar as redes de telefonia e transferência de dados da sua operadora.

Um dos recursos que trás mais problemas para os adeptos a importação é o VoLTE ou “Voice over LTE (Long-Term Evolution)” , visto que possibilita ligações telefônicas pela rede LTE (o famoso 4G). Sem esta funcionalidade, ao receber uma ligação sua operadora derruba automaticamente a sua conectividade para o 2G ou 3G, uma vez que o recurso de voz funcionará mediante a transferências de dados, ao invés de utilizar o canal apropriado.

Sendo uma funcionalidade problemática até mesmo entre os aparelhos comprados em território nacional, as movimentações das comunidades de usuários oferecem grande suporte para a viabilização da mesma por meio de configurações alternativas. Deste modo, o usuário Melke Silva disponibilizou através de um grupo do Facebook o método que utilizou para habilitar o VoLTE em seu Xiaomi Mi 9. Confira:

  • Informações essenciais:

    Realizado através de um Mi 9 (versão EEA 10.2.28.0), o procedimento em outros smarts da Xiaomi que tenha VoLTE e a banda B28, valendo o teste para smartphones de outras marcas.

    1) A lista da TIM e da Vivo são de aparelhos compatíveis com o VoLTE, ou seja, não existe homologação. A compatibilidade se refere somente a presença da banda B28 no aparelho. A TIM liberou o VoLTE no Estado de SP em todas suas faixas de operação, quais sejam, B28, B3 e B7. A Vivo só opera com a B28. A Claro está testando o VoLTE em algumas cidades.

    2) O fato do VoLTE estar habilitado nas configurações não quer dizer que ele esteja funcionando, precisa aparecer o símbolo do VoLTE ao lado da barra de sinal da operadora.

    3) “Para fazer uma ligação VoLTE o destinatário também tem que ter o VoLTE ativado“? Não, ele vai funcionar para qualquer destinatário (fixo, 0800 etc) e a qualidade já vai ser muito melhor do que em 3G sem chiados, áudio limpo, claro e sem cortes. Quando os dois tiverem o VoLTE a qualidade será top e em HD.

    4) Se o seu Xiaomi tem VoLTE e a banda B28 não custa tentar. No Estado de São Paulo nem precisa ter a B28. O relato indica que um exemplar da linha A5 2016 da Samsung que não tem a B28 e nem está na lista da TIM e o VoLTE funciona com o método.
  • Método sem root

    • Digite *#*#86583#*#* – tem que aparecer a mensagem “VoLTE carrier check was disable”;

    • Digite *#*#869434#*#* – só para Vivo pois a TIM não tem esse serviço. Tem que aparecer a mensagem “VoWIFI carrier check was disable”;

    •Vá em configurações -> redes móveis -> TIM (ou Vivo) – confira se o VoLTE está ativado. Se for Vivo habilite as chamadas por WIFI;

    •Instale o app Activity Manager: Hidden activity launcher;

    •Abra o Activity Manager e procure “modem config”. Vá até o final da lista e selecione “malaysia”. VoLTE ativado e funcionando. Se aparecer a mensagem “ocorreu um erro na rede é só reiniciar o celular. (Atenção: tem dois “malaysia” e o que funciona é o que aparece no final da lista);

Está funcionando sem o APN da TIM para o VoLTE, mas caso deseje, as informações estão logo abaixo:

Nome: TIM IMS
APN: ims
Tipo de APN: ims,xcap
Protocolo APN: IPV4/IPV6
Protocolo de roaming do APN: IPV4/IPV6

Para conferir se está tudo OK digite *#*#4636#*#*, selecione o chip e lá embaixo da tela clique nos três pontinhos (mais) e selecione “status de serviço IMS”.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.