Usuários afetados pelo Hard Brick da atualização Android 11 no Xiaomi A3 receberão reparo gratuitamente

Após tantas dores de cabeça relacionadas a liberação do Android 10 para o Xiaomi Mi A3, a história volta a se repetir com a liberação do Android 11. Porém, com mais prejuízos ainda, visto que o update causou a “morte” de algumas unidades do modelo. Agora, a Xiaomi vem a público se pronunciar sobre o caso através de um comunicado oficial.

A Xiaomi já tomou a liberdade de interromper o lançamento e usou o fórum Mi para publicar uma declaração oficial. Você pode conferir o que foi descrito na íntegra:

Olá, Mi fãs
Estamos cientes do problema em alguns dispositivos Mi A3 após uma atualização recente do Android 11. Desde então, interrompemos o lançamento.

Solicitamos gentilmente aos usuários com esse problema que visitem (ou enviem seu dispositivo para) qualquer um de nossos centros de serviço onde uma solução será fornecida gratuitamente incondicionalmente (dentro ou fora da garantia).

Lamentamos o transtorno que isso causou. Como uma marca comprometida em oferecer a melhor experiência possível ao usuário, melhoraremos continuamente nossos produtos e serviços.

Obrigado pela sua compreensão e apoio.

A declaração se resume em oferecer uma possível solução, onde os usuários afetados pela atualização podem levar seus telefones a um centro de serviço para reparo do mesmo sem perguntas e sem cobranças (mesmo com o aparelho fora da garantia).

Entretanto, não sabemos e nada foi mencionado a respeito daqueles países que não oferece serviço autorizado Xiaomi, como é o caso do Brasil. Sabemos que por aqui, serviço autorizado Xiaomi só cobre aparelhos adquiridos em pontos oficiais de vendas. Não está claro o que esses proprietários devem fazer para resolver o problema – fique atento aos comentários no fórum Mi.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.