Vai virar lei: Celulares roubados deverão ser rastreados pelo IMEI no Brasil

Nós falamos muito de roubos de celulares no Brasil e contamos relatos de como usuários conseguiram recuperar seus aparelhos graças a segurança de software dos aparelhos da Xiaomi. O que muitos não sabem é que também existe a possibilidade de rastrear um celular somente pelo o IMEI do mesmo. Um projeto de lei quer transformar isso em Lei.

Atualmente, o usuário que tem seu celular furtado ou roubado apenas solicita o bloqueio do IMEI junto a sua operadora. Porém, muitos não sabem que com um número de registro na Polícia é possível que a sua operadora faça o rastreamento do dispositivo. No entanto, isso depende da boa vontade da autoridade, o que nem sempre é uma tarefa fácil a menos que você tenha um parente policial.

Contudo, o Projeto de Lei quer tornar obrigatório que celulares roubados sejam rastreados pelo código IMEI, com objetivo de enfraquecer a ocorrência deste crime no Brasil. O autor do PL 118/2021 é o deputado Boca Aberta do Pros/PR, que argumenta que o simples bloqueio de chips e IMEI’s não tem sido o suficiente para conter o alto índice de roubos e furtos de celulares, uma vez que os meliantes encontram formas de desfazer esse feito muito facilmente para uso e revenda ilegal.

A minha proposta é criar um sistema que permita o rastreio dos aparelhos com a identificação contida em cada celular.

Com o projeto sendo aprovado, serão necessárias apenas duas condições para que o aparelho possa ser rastreado e encontrado: que ele esteja ligado e tenha o GPS ativo, ou seja, nem precisa de conexão com a internet. Assim, basta utilizar o IMEI (International Mobile Equipment Identity), que é um código único para cada dispositivo no mundo, para localizar o telefone.

Fonte

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.