Vídeo: Minha experiência – LG K10 – 1GB de RAM que não faz feio

Design e Tela

A parte traseira do telefone tem uma textura brilhante construída em plástico que chama muita atenção e que evita que o aparelho escorregue da mão do usuário. Ele também vem em cores como branco e dourado. Ainda na parte traseira também está o clássico botão liga/desliga juntamente com os controles para volume da LG.

Acima está o sensor da câmera juntamente com flash LED único. Embora o botão de energia tenha sido bem posicionado, é possível que cliques acidentais ocorram muitas vezes nos botões de volume o que o torna um pouco confuso as vezes, eu já cansei de me enganar ao pressionar o botão de volume e acaba tocando na câmera.

A próxima coisa que notamos sobre o telefone são as curvas e linhas finas que dão uma experiência ergonómica ao telefone, aqui sim deixou o aparelho bem elegante. O Smartphone traz uma tela de 5,3” IPS HD com tecnologia In-cell touch e design conhecido como “glossy pebble”, composto pelo novo acabamento 2.5D Arc Glass da LG, tem proteção anti-risco, mas isso também não significa que o vidro não é prova de quedas. O visor parece impressionante mesmo em resolução HD. É nítido, claro e oferece legibilidade clara sob a luz solar, isso se aumentarmos um pouco o brilho da tela.

Removendo a tampa vemos entradas para chips Nano-SIM e não Micro SIM como costumamos ver em aparelhos intermediários, além disso, há a entrada para cartão de memória e a bateria removível.

Hardware e Software

Quando se trata de poder de processamento, o aparelho está equipado com um processador Mediatek MT6753 Octa-core Cortex A53 64-bit com frequência de 1.14 GHz. São apenas 1 GB de RAM com armazenamento interno de 16 GB restando cerca de 12GB para o usuário final.

Então, como é a experiência do uso diário? Esta é provavelmente a melhor parte do telefone. Embora tenha apenas 1Gb de RAM, ele se comporta muito bem com as transições de aplicativos e execução entre eles, Como assim ele se sai bem com 1GB de RAM? Isso por conta do Android 6.0 .

Na execução de jogos ele não esquenta fora do normal. Jogos como Lara Croft Relic Run é executado com desempenho relativamente bom, a transição entre aplicativos na multitarefa merece todo crédito. Aguardar 1 ou 2 segundos para que a tela inicial recarregue e continuar outras atividades é comum em muitos casos.

O Software por sua vez é o Android 6.0 Marshmallow que embala a interface personalizada da LG, que proporciona uma experiência suave. A versão do sistema traz mais facilidade de uso por meio de um menu simplificado e intuitivo, além de uma performance de interface gráfica utilizando elementos 2D que não onera o processador, permitindo priorizar as tarefas do usuário, não do sistema operacional o que é incrivelmente interessante, deve ser por isso que ele se sai bem no desempenho.

Não há muitos aplicativos desnecessários, apenas três da fabricante como o Smartworld, LG Backup e Remote Call Service, de modo geral a interface é bem organizada com abas na seção de configurações, o que torna mais fácil encontrar os ajustes que procuramos.

Eu particularmente achei inconveniente o botão para alterar entre SIM cards estar localizado na barra de navegação isso vem definido por padrão, mas é possível personaliza-los removendo ou adicionando outras teclas no menu configurações> Tela>Teclas de Início. As coisas são mantidas simples, e não há nada que te impeça de se familiarizar com a interface.

A central de ações tem uma sutil alteração que lembra os aparelhos da Samsung, onde você pode acessar mais atalhos puxando da direita para a esquerda da tela.

É interessante perceber que a LG não apenas colocou rádio FM, como também incluiu suporte a TV digital no K10. A captura dos canais depende do fone de ouvido que vai servir como antena receptora e o software é bem desenvolvido, dando acesso a funções básicas, como a programação eletrônica dos canais, a gravação da transmissão e legendas ocultas. O funcionamento da TV depende do local onde há sinal para TV digital, o que não é o nosso caso.

Câmera

Megapixels de uma câmera definitivamente não deve ser levado em consideração. K10 é um exemplo clássico disso. Mesmo com a câmera principal de 13 megapixels, com foco em objetos relativamente estável, ao salvar as imagens logo iremos nos decepcionar com os resultados em qualidade. Os detalhes e reprodução de cores é muito baixo. O problema aumenta ainda mais quando você quer capturar fotos com pouca luz. A interface no aplicativo no entanto, é bastante familiar, porém, não há configurações extras como HDR, panorama. Isto é decepcionante para um Aplicativo de câmera, levando em consideração que hoje em dia são recursos básicos.

Por outro lado, o aparelho entrega recursos de câmera como:

·        Quick Selfie – Abra a mão frente a câmera pra capturar automaticamente uma foto.

·        Virtual Flash – facilita na hora de fazer selfies em ambientes com pouca luz.

K10 foto

[caption id="attachment_36871" align="alignleft" width="900"]Captura com câmera frontal Captura com câmera frontal[/caption]

K10

Mídia e Áudio

Ao contrário de aparelhos da mesma faixa de preço como o Vibe K5, o áudio do LG K10 é um pouco decepcionante, porque a experiência de áudio do único alto-falante é ruim para reprodução de músicas. Não é nem alto, nem claro. Se alto-falante é uma prioridade para você, então esqueça esse aparelho. Os fones de ouvido que vêm junto ao pacote de compra também não é nada confortável, não há qualquer ajuste para os ouvidos. Outro problema que enfrentamos foi com relação a gravação de áudio. Ao que parece a qualidade de seus microfones também não são lá de se gabar.

Bateria

O telefone inclui uma bateria removível de 2220 mAh , é uma capacidade boa para este telefone? É, tem duração de cerca de 9 a 10 horas com o uso moderado, nada de executar jogos por longos minutos pois ele não vai suportar até o final do dia. Ele não vem com suporte para carregamento rápido, e leva período comum de cerca de 2hs para ser recarregado.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.