Whatsapp tem plano tão cômico quanto interessante para gerar lucros

Provavelmente você e seus amigos nunca desembolsaram um centavo para usar o Whatsapp, mesmo possuindo o serviço a anos não é mesmo? Mesmo possuindo uma taxa simbólica de US$ 1 ao ano, o aplicativo não chegava a cobrar efetivamente este valor da maioria dos seus usuários, e recentemente assumiu o perfil gratuito de uma vez por todas. Contudo, uma compra de quase U$ 20 bilhões tem que ser justificada, não é mesmo?

E é nisso que o Facebook tem trabalhado. Mesmo possuindo a primeira colocação entre os mensageiros globo afora, o Whatsapp não apresenta lucros atualmente, isento de propagandas e funções pagas. Mas segundo a reportagem feita pela Reuters, um sistema inusitado está sendo desenvolvimento para gerar lucros para a companhia. Isto envolve vacas leiteiras e fábrica de coleiras. Não, você não leu errado.

O teste ainda está em sua fase inicial. O sistema é muito esperado em lugares remotos, onde o WhatsApp é essencialmente popular. Cowlar faz coleiras para vacas leiteiras, obtendo informações sobre suas atividades e recomendando mudanças para melhorar a produção de leite.

A companhia, que está testando as coleiras nos Estados Unidos, quer usar o WhatsApp para enviar alertas automáticos das coleiras diretamente para os fazendeiros, caso alguma vaca não esteja se comportando normalmente.

O acessório batizado de Cowlar vai desempenhar uma tarefa simples: utilizar o reconhecimento oferecido pela coleira para enviar mensagens programadas (possivelmente um bot) ao Whatsapp do fazendeiro. deste modo seria possível aprimorar a criação destes animais, diminuir os esforços e aumentar a produção do leite. Além do Cowlar, a empresa busca o desenvolvimento de robôs que desempenhem a mesma função do acessório, focados para o universo empresarial.

Completamente inesperado, o novo plano do Whatsapp é tão cômico quanto interessante. Uma vez que a empresa continua focada em oferecer uma experiência limpa no mensageiro, sem anúncios e propagandas, é interessante ver quais planos poderão derivar-se deste esforço.

Via

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.