Xiaomi Store Brasil estaria vendendo produtos sem homologação nacional?

Aproveitando o seu retorno ao Brasil, a Xiaomi inaugurou sua primeira loja oficial em território nacional. A loja, que está localizada no Shopping Ibirapuera na cidade de São Paulo, levou diversos consumidores e fãs a conhecerem de perto os mais variados produtos da gigante chinesa.

Apesar de operar de forma legal no Brasil, alguns produtos disponibilizados na loja oficial poderiam estar sendo vendidos de forma “ilegal“.

Segundo o site MundoConectado, os produtos vendidos na loja não estão respeitando algumas das normas da Anatel. Isso porque fotos enviadas ao site mostram os produtos sem o selo da agência reguladora, o que impossibilita de serem comercializados, pois é um item obrigatório em produtos vendidos no mercado brasileiro. O selo do Inmetro é outro que também não aparece nos produtos.

Chequem algumas imagens

Mais problemas também foram constatados, com uma balança e lâmpadas de LED que, apesar de receberem o selo de homologação, aparecem como não registrados no banco de dados da Anatel.

Estes são problemas que não afetam os smartphones lançados no mercado nacional. Todos estão devidamente homologados e podem ser comercializados legalmente. Mas será que a loja estaria vendendo produtos sem certificação local e fazendo proveito de produtos importados para comercialização direta ao consumido?

Ainda não há um pronunciamento oficial da Xiaomi, nem da DL Eletrônicos que é a responsável pelo retorno da empresa ao país. Aguardaremos por novas informações sobre estes problemas com homologação.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.